segunda-feira, 2 de março de 2009

prefixo


floriu o horizonte de ter as mãos suspensas
na antecipação do que se perdeu
na garganta do rio naufrágio das palavras
rasgura febre na tarde
e dali o sentido secreto das coisas
em perfume e luz extensa se transmudou
a escrita é uma caixa de ébano
para guardar o que perece
aparecida inquietude
incompleta aparição do fim

Sem comentários: