sábado, 16 de maio de 2009

Epifania


apareceste-me
visível no reverso de querer
pareceste-me
o que se faz ausente na escuta
desapareci nas correntezas do depois
parturiente decomposição da memória
aos poucos o mundo é uma vertiginosa alegoria do inacabamento
o esquecimento
a agonia da palavra
o ermamento no coração da esperança

1 comentário:

Sereia* disse...

Fico feliz com o regresso aos 'Devaneios'

:)

Já estava a ficar com saudades destas imagens e destas palavras*

... verifico a palavra para deixar o comentário: cryst
achei curiosa*