Mensagens

A mostrar mensagens de Setembro, 2015

línguas de fogo

vacuidade

estar sempre a partir

de pés nús

anjo

perder(-te)

todos os versos

toda a luz

vejo-te

Sintra

queria amar-te

longe

O caminho das flores

(re)começo

Ternura

Saudação

Soltura

Distância

Alma

Serenidade

Força

Viagem